MANCHETE
print this page
OUTRAS NOTÍCIAS

Grave acidente tira a vida de quatro pessoas próximo a Currais Novos

No início da tarde desta segunda-feira (02/03) um trágico acidente foi registrado na BR 222 – próximo a entrada do Povoado Cruz em Currais Novos, envolvendo um veículo Corsa Classic de placas NOB-6584 - Lagoa Nova/RN e uma Strada de placas MZL-6743 - Natal/RN.

Segundo informações, o incidente foi tipo colisão matando quatro pessoas na hora (dois homens e duas mulheres) e deixando outras três gravemente feridas, entre elas uma jovem que foi encaminhada para Natal. 

Fonte: Blog do Davi

Começa nova etapa de operação para apurar irregularidades do PAC 2 na Paraíba

Começa nova etapa de operação para apurar irregularidades do PAC 2 na PBAcontece a partir desta terça-feira (03/03) a segunda fase das diligências da Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário (DFDA-PB) para apurar as denúncias sobre o mau uso das máquinas doadas pelo Governo Federal, através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). A operação será realizada nos municípios de Pedra Branca, São Sebastião do Umbuzeiro, Guarabira e Riachão do Bacamarte.

A primeira etapa da ação ocorreu no dia 10 de fevereironas cidades de Santo André, Areial, Barra de Santa Rosa e Sobrado. Segundo o Delegado da DFDA-PB, Gonzaga Júnior, a iniciativa é fundamental para assegurar o controle dos equipamentos. “Uma vez que, nosso compromisso é assegurar que tais equipamentos sejam utilizados para o desenvolvimento da agricultura familiar e das comunidades tradicionais”, explicou.

O projeto, do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), trouxe a 219 municípios do Estado com até 50 mil habitantes uma retroescavadeira, uma motoniveladora, um caminhão caçamba, uma pá carregadeira e um caminhão-pipa. Os investimentos foram de cerca de R$ 1,5 milhão.

As máquinas doadas visavam a beneficiar municípios que convivem com a seca, melhorar a infraestrutura e recuperar as estradas vicinais para escoamento da produção e circulação de bens na zona rural. Porém, segundo denúncias, estavam sendo utilizadas de forma irregular como em execução de serviços de limpeza urbana, em prestação de serviços e até em usos festivos. 

Fonte: Jornal da Paraiba

Dr. Rey vai processar agressor e bar onde houve briga, diz empresário

Vídeo mostra médico sendo afastado do local onde ocorreu a confusão (Foto: Reprodução)O empresário do cirurgião plástico Robert Rey, Antony Kassinove, disse que o médico vai processar o suspeito de agressão e o restaurante onde houve uma briga na madrugada de sábado (28) em Campina Grande,  no agreste da Paraíba. Ainda de acordo com o empresário, a briga se deu porque o homem agrediu Dr. Rey nos testículos.

A confusão envolvendo o médico, mais conhecido como Dr. Rey ou Dr. Hollywood, foi registrado em um vídeo, que foi publicado na internet.

O empresário, que também se envolveu na confusão, disse que após Dr. Rey dar uma palestra em um teatro da cidade, seguiu para o restaurante com a confirmação de que três seguranças do local estariam esperando pelo médico. "Ao chegar ao local, não havia seguranças. Nós seguimos para a mesa, várias pessoas pediram para tirar fotos e um deles era o agressor", conta.

Antony Kassinove conta que Dr. Rey revidou a agressão com um soco, um chute e ainda derrubou o homem. Uma confusão se instaurou e ele diz que cerca de 12 homens partiram para cima do médico. O empresário diz que funcionários ajudaram ele e o médico a saírem do restaurante.

"Nós voltamos ao local no outro dia para pedir as imagens do sistema de segurança, mas a administração do restaurante negou porque o sistema não estava funcionando", acrescentou Kassinove.

Ainda conforme o empresário, Dr. Rey está no México e vai fazer um exame para saber se houve ferimentos nos testículos. Cinco advogados, dois deles dos Estados Unidos, vão tratar do caso. Antony Kassinove também confirma que Dr. Rey vai estudar a possibilidade de processar pessoas que o difamaram nas redes sociais.

O G1 fez contato com o restaurante em que a confusão foi registrada e, às 12h, recebeu a informação de que os responsáveis pelo estabelecimento estavam em reunião para discutir o episódio e que só se posicionariam sobre o caso durante a tarde.

Fonte: G1PB

Chove em 74 cidades da Paraíba e Sertão registra até 103,5 mm; previsão indica mais ocorrências

Chuva registrada em Sousa foi de 84,8 mmChuvas significativas foram registradas entre a noite desse domingo (01/03) e madrugada desta segunda-feira (02/03) na Paraíba. Segundo dados da Agência Executiva de Gestão de Águas, choveu em 74 municípios, do Litoral ao Sertão. A Capital amanheceu a segunda com uma chuva forte e rápida, mas que não provocou problemas.

De acordo com a meteorologista da Aesa, Marle Bandeira, o maior índice de chuvas aconteceu em Cajazeiras, no Sertão, a 468 km de João Pessoa, onde foram registrados 103,5 milímetros (mm) de pluviometria.

“O açude Lagoa do Arroz, naquela cidade, teve, com as chuvas, um aporte hídrico de 21 centímetros”, contou Marle. Ela acrescentou que o segundo maior registro ocorreu na cidade de Serra Grande, também no Sertão, a 455 km da Capital, onde choveram 100,4 mm.

Dentre outras cidades que são referência nas respectivas microrregiões, também houve chuvas em Sousa (84,8 mm), Campina Grande (4,7 mm). Em Patos não choveu, mas cidades do entorno tiveram precipitações.

Para as próximas horas, de acordo com Marle Bandeira, podem ocorrer chuvas isoladas nas próximas horas em todo o estado e ocasionais na região do Litoral.

Em João Pessoa, a Aesa informou que foi registrada uma chuva forte e rápida de 0,6 mm, sem deixar problemas pela cidade. De acordo com a Aesa, a ocorrência foi mais percebida pelos moradores da Zona Sul da Capital.

Fonte: Portal Correio

Previsão do Tempo para Várzea - PB nesta segunda-feira


Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Fonte: Clima Tempo

Prefeito de Várzea e equipe de governo fazem prestação de serviço em programa de rádio

Na manhã do dia 1º de março o Prefeito Constitucional de Várzea, José Ivaldo de Morais (Galego), juntamente com os Vereadores Wanderley Lucena e Eneide Araújo, os Secretários Ednildo Araújo, Márcio Nóbrega e José Amilton, a Coodenadora Pedagógica Maria do Socorro e a Supervisora Pedagógica Suzana Pricila estiveram na Rádio Vale FM, no município de Santa Luzia para participarem do Programa Espaço do povo, para falar sobre as últimas conquistas obtidas na educação no Município, como também comunicar aos cidadãos e servidores públicos sobre as novas decisões tomadas pela equipe de governo.

A primeira pauta discutida foi em relação aos destaques da educação de Várzea, evidenciada nos últimos dias em um jornal de grande circulação na matéria intitulada “Várzea: oásis da educação na PB”. Segundo o Secretário municipal de Educação José Amilton, o segredo do sucesso do trabalho na educação de Várzea é a união da equipe, o companheirismo e o esmero com o trabalho no geral.

Na sequência o Prefeito apresentou o Decreto 004/2015, que dispõe sobre especificações e calendário de coleta de resíduos sólidos no município de Várzea-PB, que pode ser visto na íntegra clicando aqui

Por fim, o Secretário de Planejamento e Finanças e o Chefe de Gabinete anunciaram algumas mudanças na jornada de trabalho com o cumprimento integral da carga horária fixada a cada cargo. Essa ação, de acordo com o Secretário Ednildo Araújo, tem por objetivo a eficiência no atendimento do serviço público à comunidade em geral, o que resultará em redução de gastos com pessoal, como também procurar não exceder o limite prudencial previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal.

Fonte: Ascom

Correios deve indenizar vítima de assalto em banco postal

Resultado de imagem para indenizaçãoA prestação do serviço de banco postal não torna a agência dos Correios uma instituição financeira obrigada a cumprir a Lei de Segurança Bancária (Lei 7.102/83). Mesmo assim, a empresa é responsável em caso de assalto a cliente, por ser prestadora de serviço que se submete ao regime de responsabilidade objetiva, previsto no Código de Defesa do Consumidor.

Esse é o entendimento da Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que negou recurso da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) contra sua condenação a pagar indenização por dano moral de 20 salários mínimos a um cliente. Ele foi assaltado, com arma de fogo, dentro de agência dos Correios enquanto utilizava os serviços do banco postal, correspondente do banco Bradesco, condenado solidariamente.

Correspondente bancário é a empresa contratada por instituições financeiras para prestação de serviços de atendimento aos clientes e usuários dessas instituições. Os mais conhecidos são as lotéricas e o banco postal. Ao julgar um caso sobre permissão de serviço público, a Quarta Turma já havia decidido que as lotéricas não se submetem à Lei 7.102.

O Bradesco, réu solidário e parte interessada no recurso, pagou a indenização. O relator, ministro Luis Felipe Salomão, destacou que mesmo assim há interesse da ECT no recurso, porque o banco pode ajuizar ação regressiva contra ela para receber metade do valor pago.

Embora o recurso da ECT tenha sido negado, a decisão da Turma reforma entendimento do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, que havia equiparado a agência dos Correios com banco postal a instituição financeira obrigada a cumprir a Lei de Segurança Bancária.

Risco previsível
No recurso, a ECT argumentou que, além de não ser instituição financeira, o roubo a cliente dentro de sua agência seria caso fortuito externo e por isso não deveria ser indenizado por ela.

O ministro Salomão afirmou que o banco postal presta serviço que traz risco à segurança, pois movimenta dinheiro, e agrega valor à agência que opta por oferecê-lo. Por isso, deve arcar com o ônus de fornecer a segurança legitimamente esperada para esse tipo de negócio.

Para o relator, não se trata de caso fortuito que exclui a responsabilidade objetiva. Trata-se de fortuito interno, causado por falha na proteção dos riscos esperados da atividade empresarial desenvolvida.

Fonte: STJ

Paraíba é o 10º Estado com maior número de casos de AVC

Resultado de imagem para casos de AVCResponsáveis por mais de 70% das mortes no país e pelo menos metade das mortes do mundo, as doenças crônico degenerativas, dentre as quais está o Acidente Vascular Cerebral (AVC), são hoje uma das maiores preocupações da humanidade. Na Paraíba, 1,8% da população maior de 18 anos de idade apresenta diagnóstico médico positivo para o AVC, de acordo com a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) de 2013, do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE). Com esse número, o Estado está situado no 10º lugar na lista dos que apresentam mais casos da doença.

Conforme a pesquisa, o número de pessoas diagnosticadas com a doença seria aproximadamente 50.112. Ao todo, foram mais de 30 mil homens e quase 20 mil mulheres com diagnóstico médico positivo para o AVC na Paraíba. Somente em janeiro deste ano, o Hospital de Emergência e Trauma da Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, atendeu a 231 casos de pessoas com quadro de AVC . Em todo o ano passado, foram 2.386 pessoas atendidas na capital.

O Acidente Vascular Cerebral, também conhecido como derrame, é uma enfermidade que ocorre quando há um entupimento ou rompimento dos vasos que levam sangue ao cérebro, provocando a paralisia da área do cérebro que ficou sem circulação sanguínea adequada. O tipo mais frequente da doença, correspondendo a cerca de 80% do total de casos, é o AVC isquêmico, causado por fatores que propiciam a formação de coágulos que sobem para o cérebro por meio de alguma artéria ou por placas que entopem as artérias. Os outros 20% são diagnósticos de AVCs hemorrágicos, que são provocados por picos de pressão ou aneurismas, que levam a quadros hemorrágicos.

Dentre os fatores que podem ocasionar o AVC estão alguns que são imutáveis e outros mutáveis, conforme especificou a médica neurologista Ana Moema Nóbrega. “O fator genético, cerebral ou cardiovascular, pessoas de raça negra têm maior propensão, assim como pessoas do sexo masculino e com idade mais avançada. Além desses, temos o tabagismo, a hipertensão arterial, o colesterol alto, o álcool e o estresse, que são os principais fatores mutáveis que poderão interferir para um caso positivo de AVC”, explicou.

Para prevenir o AVC é necessário, conforme a neurologista, que haja um controle dos fatores mutáveis que podem acarretar a doença, como ter uma vida regrada, praticar atividades físicas e tomar medicações que possibilitem o controle das taxas corpóreas. Já o tratamento deve prioritariamente ser feito por um médico. “E o quanto antes. Os tratamentos variam, mas o tempo desde a ocorrência do AVC até o atendimento médico deve ser feito em até, no máximo, três horas, no caso de um AVC isquêmico. O hemorrágico, por sua vez, tem outra abordagem. Mas o tratamento é sempre feito, em longo prazo, com o controle do fator lipídico com medicamentos como as estatinas”, disse.

Medicação é essencial para evitar ocorrência da doença
A pressão alta e a diabetes fizeram a mãe da diarista Maria de Lourdes da Silva, de 54 anos, apresentar um quadro de AVC. Hoje com 88 anos, a sua mãe, Noêmia Barbosa, continua viva, porém com sequelas provocadas pelo mal que a atingiu 20 anos atrás. “Minha mãe tinha hipertensão, diabetes, tudo isso, aí acabou tendo o AVC, mas se recuperou, graças a Deus, ficando apenas com as sequelas. Hoje em dia ela se trata e toma medicação, como as sinvastatinas (derivado da estatina), para o controle das taxas, mas depois desse primeiro AVC, ela não teve nenhum outro”, comentou.

Foi por causa desse quadro apresentado pela mãe que a diarista começou a cuidar mais da saúde. Ela também tem diabetes, pressão e colesterol altos, motivos pelos quais ela busca sempre se cuidar. “Eu tomo remédio para controlar a pressão e o colesterol. Já faz uns dois anos que tomo e não sinto nada, e minhas taxas, que chegavam a até 280, caíram para 160. Eu só vejo benefícios e não pretendo parar de tomar, e de me cuidar”, afirmou.

A alegação da diarista em defesa do medicamento foi motivada pela decisão do seu esposo, Pedro da Silva, de parar de tomar a medicação. Segundo ela, Pedro é taxista, e nas andanças pelas ruas ele ouviu boatos de que as estatinas, composto utilizado na principal medicação prescrita para casos de elevação da taxa de colesterol, estaria agravando o quadro dos pacientes, tornando-os mais propícios a serem acometidos por diversas doenças, dentre elas o AVC. 

“Meu esposo estava com as taxas muito altas. Tem hipertensão e colesterol alto. Aí ele começou a sentir uns formigamentos no braço e foi ao médico, que receitou os medicamentos para pressão e as estatinas, para o colesterol. Depois de ouvir essas histórias, ele parou de tomar e está com os sintomas voltando tudo de novo e fica dizendo que a culpa é do remédio”, declarou Maria de Lourdes Silva.

Controle do colesterol é essencial contra o AVC
O médico cardiologista e coordenador do módulo de doenças prevalentes do sistema cardiocirculatório, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Marco Antônio Barros, explicou que o LDL (Lipoproteína de baixa densidade) é considerado o colesterol ruim e, por esse motivo, em excesso no sangue ele pode depositar-se nas partes mais superficiais das paredes dos vasos, causando uma maior propensão à ocorrência de eventos cardiovasculares.

Devido a isso, ele explicou a necessidade do controle dessa taxa para uma menor possibilidade de ser acometido por doenças como o AVC e alertou para casos como o do taxista Pedro da Silva, que, por conta própria, deixou de tomar a medicação mais eficiente para o tratamento da doença.

“As revistas mais conceituadas do mundo na área médica mostram a correlação entre as taxas de morte por ataques cardíacos e a taxa de colesterol, existindo uma relação direta de causa e efeito entre eles. A comunidade científica passou anos empenhando esforços para desenvolver estratégias para o controle do colesterol com vistas à redução de eventos cardiovasculares – infarto, AVC, morte súbita – e as estatinas foram as substâncias encontradas extremamente potentes e de mínimos efeitos colaterais. É muito arriscado você alegar que um medicamento como esse estaria causando as doenças que eles buscam evitar e até tratar”, argumentou. 

Conforme o médico, as estatinas foram descobertas no ano de 1980 no Japão e diversos estudos comprovaram a eficácia e segurança deste composto, com a redução da ocorrência de infarto, angina e AVC. Como resultado, elas ainda foram responsáveis pela redução das taxas de mortalidade por doenças do sistema cardiocirculatório e, por consequência, as taxas de mortalidade geral. 
Ele reconheceu a existência de efeitos colaterais ocasionados pelas estatinas, dentre eles a inflamação da musculatura periférica e do fígado. Ele explicou que isso acontece em um a cada grupo de mil pacientes e os mais propensos a sofrerem com esses efeitos são os idosos, as mulheres e as pacientes com baixa superfície corpórea.

“Todo medicamento apresenta efeitos colaterais. Mas, no caso das estatinas, sua segurança e eficácia foram demonstradas nos diversos estudos. Eles não anulam o risco da ocorrência desses efeitos, por isso é importante o acompanhamento dos pacientes, principalmente com dosagens de enzimas hepáticas e musculares, entretanto, não há na literatura publicação que demonstre associação do uso das estatinas com o aumento das taxas de AVC”, acrescentou. 
“Na medicina não existem verdades absolutas, porém, à luz do conhecimento atual, esses medicamentos são imprescindíveis para promover o controle do colesterol com eficácia e segurança para os nossos pacientes”, completou.

Fonte: Othacya Lopes-Jornal da Paraiba

Servidores da UEPB param atividades por dois dias e cobram reajuste de 8%

UEPBMais de 700 servidores técnico-administrativos lotados nos oito campi da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) fazem  amanhã e quarta-feira uma paralisação de advertência. Nesses dois dias, a categoria estará mobilizada, para cobrar do Governo do Estado, o reajuste de 8% aprovado para professores e funcionários pelo Conselho Universitário (Consuni). Os professores não aderiram à paralisação. 

A data base da categoria é janeiro e a decisão de enviar a proposta de reajuste para deliberação do governador Ricardo Coutinho,  foi do próprio Consuni, que é integrado por representantes de todos os segmentos da Universidade. O chefe do executivo deve se pronunciar após decisão da Assembléia Legislativa a respeito do reajuste.  O reitor Antônio Rangel Júnior, não tinha até a última sexta-feira, sido informado de qualquer posicionamento do governador acerca do assunto. 

Em nota distribuída à imprensa, o Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Superior do Estado da Paraíba (Sintespb), esclareceu que, desde a setembro de 2014, vem discutindo com a administração central da Universidade; a Comissão de Orçamento da Assembléia Legislativa; e a equipe econômica do Governo Estadual, o orçamento da UEPB para 2015. 

Fonte: Jornal Correio da Paraíba

MPE vai coibir antecipação de campanha na Paraíba

Ministério Público da Paraíba (MPPB)O Ministério Público Eleitoral (MPE) não vai tolerar nenhum tipo de propaganda antecipada relacionada às eleições de 2016. O MPE também não vai permitir a antecipação de campanha na Paraíba e dispõe de meios para a formalização de denúncias pelos eleitores sobre possíveis ações eleitoreiras proibidas pela legislação neste ano pré-campanha. O alerta é do procurador regional eleitoral João Bernardo da Silva com base em matéria publicada na edição de ontem do Jornal Correio sobre pré-campanha no Estado.

“A lei número 9.504 artigo 36 é muito clara e estabelece que a propaganda eleitoral só é permitida a partir do dia seis de julho do ano eleitoral, e só pode começar nesta data, após as convenções dos partidos que apresentam os candidatos, logo, qualquer manifestação que possa comprometer ou induzir o eleitor a decidir por algum possível candidato, antes desta data, é proibido”, afirmou.

De acordo com o procurador eleitoral os promotores das Comarcas estão atentos a toda e qualquer prática irregular nos municípios. Ele enfatizou que todos podem divulgar suas ações na mídia, meios eletrônicos, impressos, mas que os promotores tem experiência e orientação suficiente para fiscalizar, e investigar qualquer indício de irregularidades. “Ao observar algum caso suspeito o promotor eleitoral estará preparado para coibir a ação”. Ele explicou que todos podem divulgar o trabalho que realiza, suas atribuições no serviço público, mas no momento em que essa exposição extrapola o âmbito profissional, o social, e tende a angariar a simpatia do cidadão eleitor com viés político, se caracteriza propaganda irregular”, disse. No âmbito virtual o procurador acrescentou que a fiscalização também é muito intensa na tentativa de refrear exatamente o cunho político das exposições nas mídias sociais. 

Fonte: Jornal Correio da Paraíba

Próximo a Patos, Motorista perde controle de veículo e por pouco não acaba em tragédia

O acidente aconteceu por volta das 15hs deste domingo 01 de março, na PB 262 trecho entre as cidades de Patos e São José do Bonfim.

Um motorista ainda não identificado, que conduzia uma Saveiro de cor prata, de placas NPS 3555 Patos PB, perdeu o controle do veículo e por pouco não caiu dentro de um açude que fica as margens da rodovia.

Uma equipe do corpo de bombeiros esteve no local e com a ajuda de um guincho conseguiram resgatar o veículo que ficou com a frente parcialmente destruída.

De acordo com as informações de populares o condutor do veículo sofreu apenas alguns ferimentos leves e um tremendo susto.

Fonte: Gilson Monteiro – Patos TV

Jornais dos EUA repercutem prisão de líder religioso em praia do Rio Grande do Norte

Alguns dos principais veículos de comunicação dos Estados Unidos destacaram a prisão, no litoral do Rio Grande do Norte, do líder religioso Victor Barnard, acusado de crimes sexuais (Foto: Reprodução)A prisão do americano Victor Arden Barnard, de 53 anos, fato ocorrido na noite desta última sexta-feira (27/02) em um condomínio na praia da Pipa, uma das mais belas e badaladas do litoral potiguar, repercutiu em alguns dos mais conceituados veículos de comunicação dos Estados Unidos, com destaque para os portais na internet do The Whashington Post, The New York Times e CNN. Líder de uma seita religiosa, Barnard responde a 59 acusações de abusos sexuais contra crianças e adolescentes, crimes que teriam ocorrido entre os anos de 2000 e 2012 no estado de Minnesota.

A versão on line do News York Times ressalta que Barnard, preso na superintendência da Polícia Federal em Natal, aguarda a extradição para enfrentar as acusações nos EUA. O mesmo foi publicado na página do Whashington Post. Ambos também trazem uma declaração dada ao Minneapolis Star Tribune por uma das seguidoras do acusado. A jovem chama-se Cindi Currie, que diz ter visitado o River Road Fellowship, acampamento religioso fundado por Barnard em Minnesota, para tentar convencer um amigo a deixar o grupo. "Ele arruinou mais vidas. Esse homem é o diabo encarnado", disse a moça ao jornal.

A CNN reforçou a informação já repassada ao G1 pela Polícia Federal, confirmando que Victor Bernard era procurado pela Organização Internacional de Polícia Criminal, mundialmente conhecida como Interpol, e que ele também figurava na lista dos 15 mais procurados pela agência U.S. Marshal, organização policial americana responsável pela busca e captura de foragidos internacionais.

"A agência U.S. Marshal oferecia uma recompensa de 25 mil dólares (o equivalente a aproximadamente 72 mil reais) para quem desse informações que levassem o acusado à prisão. Contudo, como a Polícia Militar cumpriu com sua obrigação constitucional, assim como a própria Polícia Federal, o dinheiro não será reclamado”, acrescentou o delegado Paulo Henrique Oliveira, superintendente em exercício da PF no Rio Grande do Norte.
Ainda de acordo com o delegado, o americano entrou de forma legal no Brasil em 2012, só sendo considerado procurado internacionalmente a partir de abril de 2014, quando teve mandado de prisão expedido.

A prisão
O tenente da Polícia Militar Daniel Costa participou da prisão do americano. Ele revelou ao G1 que o estrangeiro foi encontrado por volta das 21h em uma casa dentro de um condomínio na paradisíaca praia da Pipa, que fica no município de Tibau do Sul. Escrituras, documentos, agendas, computadores, pendrives, aparelhos e chips celulares foram apreendidos e levados para a sede da Polícia Federal, em Natal.

“Uma brasileira de 33 anos, que já morou nos Estados Unidos, dava cobertura ao acusado. Ela assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por favorecimento pessoal e foi liberada. Já o americano, foi levado para a superintendência da PF. Havia um mandado de prisão contra ele, incluindo uma ordem de extradição já assinada pelo Supremo Tribunal Federal”, afirmou o oficial.

Ainda segundo o tenente, as informações sobre a presença do americano na Pipa foram repassadas pela Polícia Federal. "Depois disso, demos início a uma operação para prendê-lo. Contamos com o efetivo da PM de Tibau do Sul e da Pipa", acrescentou.

'Jesus na carne'
De acordo com a imprensa americana, Victor Barnard começou a ser investigado em 2012 no estado americano de Minnesota, quando duas de suas seguidoras resolveram denunciá-lo. Uma delas alegou que vinha sofrendo abusos sexuais desde os 12 anos. Outra, desde os 13 anos, quando ela e a família se juntaram a uma igreja chamada 'River Road Fellowship'. Autoridades disseram que a congregação é um desdobramento do 'The Way International', grupo que se autodenomina cristão.

Em julho de 2000, Barnard criou um grupo de jovens meninas chamado de "Maidens" ou "Alamote", segundo a denúncia. O grupo, que tinha 50 membros, pregava que as meninas deveriam permanecer virgens e nunca se casar.

Na época, ainda de acordo com a denúncia, Barnard pregava que ele próprio representava “Jesus na carne”, e que para ele era normal fazer sexo com suas seguidoras, uma vez que “Cristo tinha tido relações com Maria Madalena e outras mulheres que o seguiam, assim como o rei Salomão havia dormido com muitas concubinas”.

Em 2011, o grupo liderado por Barnard se mudou de Minessota para o estado de Washington. Em novembro de 2012, após ser condenado, a polícia foi atrás de Barnard, mas ele não foi localizado.

Fonte: G1RN

Chuva forte eleva nível do açude que abastece Itaporanga

açude cachoeiraAs fortes chuvas que caíram na madrugada deste domingo (01/03) na região do Vale do Piancó elevaram em cerca de um metro o volume de água do açude de Cachoeira dos Alves, que abastece a cidade de Itaporanga, localizada no Sertão paraibano. A informação é do escritório de representação da Cagepa na região.

Os três riachos: São João, Riacho da Onça e Taboleiro que deságuam no reservatório estão correndo com um bom volume, o que deve melhorar ainda mais expressiva o nível do manancial, que estava com menos de 10% de sua capacidade e havia risco em um colapso no abastecimento urbano.

Na zona urbana de Itaporanga a chuva foi de apenas 26 milimetro, mas, na zona rural e em municípios circunvizinhos, como Caiana e Serra Grande (72,2 mm), a precipitação foi expressiva.

Segundo a Aesa, a tendência é de mais chuva nas próximas 24 horas. 

Fonte:Vale do Piancó Notícias

Ideia criativa e inusitada para distribuição de água, através do 'burro pipa', em Santa Luzia

Uma ideia inovadora e pra lá de inusitada foi criada na cidade de Santa Luzia. O Disk água foi a solução encontrada para sanar os problemas da população que sofre com a falta d'água. A empresa faz entrega em um ‘burro pipa’ para toda a população da cidade.

A empresa de distribuição de água potável possui sede e telefone fixo para pedidos. Cerca de 10 proprietários dos ‘burros pipa’ fazem o trabalho e atuam com as mesmas características do moto taxi.

A reportagem do portal vale do Piancó Notícias manteve contato com um dos proprietários dos animais do posto. Segundo ele, cada ‘burro pipa’ transporta 500 litros de água a um preço de 35 reais. A empresa faz entrega em um ‘burro pipa’ para toda a população da cidade.

Fonte: Gilberto Angelo

25 siglas estão em processo de formação na Paraíba

Resultado de imagem para 25 siglas estão em processo de formaçãoNão bastassem os 32 partidos políticos em atividade no país, outras 25 legendas estão autorizadas a colher assinaturas com apoiamento de eleitores para a formação de partido na Paraíba, bem como receber as certidões de apoiamento nos cartórios eleitorais em todo o Estado. Políticos antigos e novas lideranças têm feito o trabalho de campo para recolher as assinaturas necessárias antes do prazo limite de participação nas próximas eleições.

Do total de partidos políticos que estão em processo de criação na Justiça Eleitoral da Paraíba, o Partido do Servidor Público e Privado (PSPP) é o que está em estágio mais avançado. A sigla já protocolou pedido de registro de partido, que tramita desde o dia 17 de dezembro no Ministério Público Eleitoral para vista do procurador regional eleitoral.

O PSPP tem como presidente estadual o servidor público Antônio Alves Cavalcante Filho, mais conhecido por Arroz, que acredita que o registro definitivo da legenda será confirmado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) até o final do mês de março. 
A situação mais complicada é do Partido da Transformação Social (PTS), o qual apresentou pedido de registro do partido na Paraíba desde 2011 e foi julgado indeferido (Acórdão nº 389/2013).

Para o analista político e historiador Josué Sylvestre, a criação das novas legendas e consequente pulverização de partidos enfraquece o sistema representativo, pois a grande maioria não tem identidade nem ideologia. “Muitas agremiações copiam literalmente os estatutos de outras legendas, sem nenhum conteúdo novo”, critica.

Na opinião de Sylvestre, a quantidade de partido no país é absurda, ainda mais tendo em vista a real finalidade, uma vez que a maior parte delas serviria apenas para ser usada em negociatas por “profissionais políticos”, sem quaisquer ideologias. “A verdade é que comandar um partido, na maioria dos casos, é um emprego rentável no país. O cidadão coloca um filho na vice-presidência, a nora na secretaria e passa a viver do dinheiro do fundo partidário”, comenta.

Além do fundo partidário, outra vantagem destacada por Josué Sylvestre é que o dirigente acaba garantindo outras benesses por meio de conchavos e 'cedendo' tempo de televisão para grandes partidos.

Pouca criatividade na escolha de nomes
Da lista dos partidos com pedido de formação na Paraíba tramitando no TRE-PB, alguns têm nomes excêntricos, como o Partido dos Pensionistas, Aposentados e Idoso do Brasil (Pai do Brasil), Partido do Combate ao Desemprego (PCD), Partido Carismático Social (PCS). Já outros têm o nome muito parecido, como os Partido Liberal (PL), Partido Liberal Brasileiro (PLB) e o Partido Liberal Cristão (PLC), ou mesmo legendas com siglas homônimas, como o Partido Militar Brasileiro (PMB) e o Partido da Mulher Brasileira (PMB).

O secretário judiciário Alberto de Lima Soares salientou, entretanto, que o TRE-PB apenas autoriza e fiscaliza as assinaturas apresentadas, sem interferir no trabalho interno do partido, assim não podendo afirmar que todos eles continuam com a intenção de registrar novo partido na Paraíba. 

Na lista das possíveis futuras legendas estão ainda o Nova Ordem Social (NOS), Partido Novo (NOVO), Partido Alternativo dos Trabalhadores (PAT), Partido Cristão (PC), Partido da Cidadania (PCI), Partido do Desenvolvimento Nacional (PDN), Partido Ecológico Cristão (PEC), Partido Humanista Democrático (PHD), Partido da Mobilização Popular (PMP), Partido Pacifista Brasileiro (PPB), Partido Progressista Cristão (PPC), Partido da Solidariedade Nacional (PSN), Partido dos Servidores Públicos do Brasil (PSPB), Partido da Segurança Pública e Cidadania (PSPC).

Abrangência nacional
Para quem deseja criar um novo partido, entretanto, o rito é burocrático. A Lei dos Partidos Políticos (Lei nº 9096/1995) admite o registro do estatuto de partido político que tenha caráter nacional, considerando-se como tal aquele que comprove o apoio de eleitores correspondente a pelo menos 0,5% dos votos dados na última eleição geral para a Câmara dos Deputados, não computados os votos em branco e os nulos, distribuídos por um terço ou mais dos estados, com um mínimo de 1/10 por cento do eleitorado que haja votado em cada um deles. O total de assinaturas para apoiamento mínimo é 491.656. Na Paraíba, são pouco mais de quatro mil assinaturas exigidas. 

O partido adquire personalidade jurídica ao requisitar no Cartório de Registro Civil das Pessoas Jurídicas da Capital Federal o registro de partido político, subscrito por pelo menos 101 fundadores. Após registrados, os representantes do partido devem informar ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) a relação de pessoas responsáveis para a apresentação das listas de assinaturas e para a solicitação de certidão de apoiamento perante os cartórios. Com isso, deverão promover a obtenção de apoio mínimo de eleitores e realizar os atos necessários para a constituição definitiva de seus órgãos e designação dos dirigentes, na forma do seu estatuto.

Somente após obter o apoio mínimo no Estado, o partido procederá ao processo de registro nos Tribunais Regionais Eleitorais, para que possa solicitar o registro definitivo ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Obtida autorização no TSE, o partido poderá constituir órgãos de direção municipais e regional, designando os seus dirigentes. E organizado em, no mínimo, um terço dos Estados constituir, também definitivamente, o seu órgão de direção nacional.

Rede de Marina quer disputar em 2016
Dentre os mais conhecidos da lista, a Rede Sustentabilidade, da ex-presidenciável Marina Silva, apresentou solicitação de expedição de certidão única, confeccionada pela Secretaria Judiciária do TRE-PB, a qual certificaria a soma de assinaturas colhidas em toda Paraíba. Um dos adesistas à Rede é o vereador Lucas de Britto (DEM). A legenda, inclusive, tem uma plenária agendada para o dia 7 de março, em João Pessoa. 

O advogado Hilário Júnior, um dos porta-vozes da sigla no Estado, disse que o objetivo é conseguir formalizar o partido para entrar na disputa das eleições 2016. “Nossa expectativa é que consigamos o registro e participemos da disputa eleitoral onde pudermos ter candidatura e nas principais cidades do Estado. Partido tem que participar ativamente”, destacou.

Apesar de estarem em fase de coleta do número de assinaturas exigidas pelo TSE, Hilário disse que a Rede atua como um movimento. “Acreditamos que nesse primeiro semestre consigamos colher as assinaturas necessárias para existir como partido, mas hoje somos um movimento, temos uma organização, uma direção estadual provisória, porque quando sair o registro teremos uma direção permanente. A forma como os partidos atuais têm desenvolvido a política tem deixado a sociedade com desejo de um partido que faça a política diferenciada, onde os dirigentes não sejam donos do partido, mas sim funcionando com pessoas eleitas democraticamente e lutando para atender aos anseios da sociedade”, afirmou.

Fonte: Angelica Nunes-Jornal da Paraiba

Grave colisão envolvendo carro e moto deixou jovem ferido em Parelhas

A Polícia Militar de Parelhas foi acionada na manhã deste Domingo (01/03), onde informações davam conta de que uma grave colisão havia sido registrada no trajeto que liga Parelhas a Barragem Boqueirão.

A PM esteve no local e constatou que envolveram-se na colisão uma moto modelo Honda Titan Ks 150, de cor vermelha, placa MYN 8271, que estava sendo pilotada por Flávio Junior dos Santos, de 25 anos, residente no Birro Cruz do Monte, e um veículo modelo Hilux, de cor prata, placas MZK 1181, que no momento do fato estava sendo conduzido por Adelson Oliveira da Costa Junior, de 30 anos.

O jovem que conduzia a moto sofreu grande ferimento na perna esquerda e algumas escoriações pelo corpo.

O SAMU foi acionado e socorreu a vitima até a Urgência do Hospital Dr. José Augusto Dantas de Parelhas, onde juntamente com aquela equipe médica realizaram os primeiros procedimentos. Logo em seguida a vitima foi conduzida para a capital do estado.

Fonte e fotos: Marcos Silva

SALDÃO DE CARNAVAL DA CAROLINA PRESENTES



Cidades do Vale do Sabugi tem suspensão do FPM – Veja lista!

Resultado de imagem para suspensão do FPMA Lei Complementar nº 141, de 13/01/2012 (LC 141/2012), tornou obrigatória a alimentação do Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde (SIOPS), para o registro eletrônico centralizado e atualizado das informações referentes aos orçamentos públicos em saúde da União, estados, Distrito Federal e municípios. A verificação do cumprimento da aplicação dos percentuais mínimos em ações e serviços públicos de saúde pelos entes federativos é realizada por meio das informações homologadas no SIOPS, nos termos do Decreto nº 7.827, de 2012. Outrossim, é responsabilidade do gestor de saúde (Secretário de Saúde) o registro dos dados no SIOPS nos prazos definidos, assim como a fidedignidade dos dados homologados, aos quais se conferirá fé pública para todos os fins previstos naquela Lei Complementar e na legislação concernente.

A ausência de homologação das informações no SIOPS é considerada, para todos os fins, presunção de descumprimento de aplicação dos percentuais mínimos em saúde. A LC 141/2012 determina que a União, os estados, o Distrito Federal e os municípios devem homologar os dados no SIOPS, referentes ao 6º bimestre de 2014, até 30 de janeiro de 2015. Nos termos do parágrafo único do art. 7º do Decreto nº 7.827, de 16/10/2012, no dia 31 de janeiro, o SIOPS emitiu uma notificação automática aos secretários de saúde alertando sobre a aplicação de penalidade de suspensão das transferências constitucionais e voluntárias, caso não haja homologação dos dados até 2 de março de 2015.

Esta penalidade implica o não recebimento do Fundo de Participação dos Municípios – FPM ou do Fundo de Participação dos Estados – FPE, que é uma transferência do Tesouro Nacional para o estado ou município, bem como a impossibilidade do ente da Federação celebrar convênios com o Governo Federal.

Assim, salientamos a urgente necessidade de homologação de dados no SIOPS até o prazo legal (02 de março), a fim de evitar o bloqueio de transferências de recursos constitucionais.

UF      Município
PB       Junco do Seridó
PB       São José do Sabugi
PB       São Mamede

Fonte: Comunicação Conasems/ Edição:Jozivan Antero-Patos Online
 
BLOG - JEFTE NEWS 2013
Blog Filiado a Rede Sertão-PB